sexta-feira, 29 de abril de 2005

Ainda sobre tecnologia...

Essa notícia captei na net e é muito interessante (apresento trechos relevantes pois é muito grande). Tem a ver com o comentário de Olavo Neves postado anteriormente:

"Transmissão de voz pela internet ameaça a sobrevivência dos serviços tradicionais de telefonia

Rosana Rodini

(...) A tecnologia de transmissão de voz pela internet e a proliferação da banda larga prometem revolucionar a história da comunicação telefônica e ameaçam de morte a invenção de Graham Bell. Afinal, na internet, a voz é apenas uma outra forma de dados, capaz de ser enviada de um computador a outro em questão de segundos.

Os serviços de telefonia pela internet já ultrapassaram dez milhões de adeptos no mundo. Um estudo da empresa americana AT&T revela que quase metade das multinacionais já usa, testa ou planeja adotar a tecnologia de voz sobre IP, ou protocolo de internet, como se convencionou chamar as conversas telefônicas pela rede. Um desses serviços, o Skype, tem clientes do Afeganistão à China e cresce a um ritmo de 155 mil novos usuários por dia. Em apenas três meses desde o lançamento, mais de dois milhões de pessoas baixaram o programa, que funciona em computadores Windows, Linux, Macintosh e micros de mão.

Até agora, diz a empresa, os clientes já conversaram seis bilhões de minutos com amigos, familiares e colegas de trabalho. O Skype se transformou em um fenômeno na Europa, embora não seja o único programa que utiliza a tecnologia de voz pela internet. Ele é o mais popular deles, e virou moda no Brasil. Seus criadores são os mesmos programadores responsáveis pelo Kazaa, o endereço mais acessado por quem busca músicas de graça na internet e que, para desespero das gravadoras, conta com mais de 300 milhões de usuários.(...)

(...) Os usuários precisam de um microfone em seu computador e só podem falar com outro computador com o mesmo software, desde que estejam ambos conectados à internet. Com uma conexão de banda larga, a qualidade de som do Skype se aproxima à das linhas tradicionais. As conexões mais lentas podem provocar atrasos de vários segundos no envio e recebimento das falas. (...)

(...) A vantagem mais aparente dessa nova tecnologia é a economia. Há uma redução de custo instantânea nas ligações. O usuário desse tipo de serviço pode economizar de 40% a 80% na conta telefônica. Quando a ligação é feita de um computador conectado à internet para outro, ela tem custo zero. Se for uma ligação de VoIP para telefone convencional, o custo é reduzido em até 40%. As ligações de um computador para um telefone fixo ou um celular de qualquer lugar do mundo também têm preço reduzido, embora seja cobrado em euro. O valor mínimo de compra de créditos é de cerca de dez euros (aproximadamente R$ 35). A boa notícia é que uma ligação para mais de 20 países custa cerca de 7 centavos de real.

Pela redução significativa dos custos telefônicos, os primeiros beneficiários foram as empresas. Hoje a telefonia na internet oferece qualidade e baixo custo a milhões de usuários residenciais que falam sem passar por centrais telefônicas. Isso significa, a curto e médio prazos, uma ameaça à sobrevivência das grandes operadoras convencionais de telefonia. A válvula de escape ainda é para poucos porque o número de brasileiros com acesso à internet é modesto. Ainda assim, representa um desafio às empresas convencionais de telefonia. É uma revolução."

Um comentário:

Olavo Neves disse...

O uso do Skype em nossas empresas já é realidade, e com ele conseguimos reduzir drásticamente o custo com interurbanos.
Vale a pena conhecer.
Viva a tecnologia!