quinta-feira, 31 de maio de 2012

Dia da Imprensa2

Afinal, qual é o verdadeiro dia para se comemorar como "Dia da Imprensa"?

Se buscar na internet, você encontra várias DATAS COMEMORATIVAS DA COMUNICAÇÃO:


Janeiro -  05 · Criação da 1ª Tipografia no Brasil;

Fevereiro - 16 · Dia do Repórter; 

Abril - 07 · Dia do Jornalismo;

Maio - 17 · Dia Internacional da Comunicação e das Telecomunicações; 31 · Dia Mundial das Comunicações Sociais (Hoje!!);

Junho -  01 · Primeira Transmissão de TV no Brasil;   01 . Dia da Imprensa; 21 · Dia da Mídia

Setembro - 10 · Fundação do 1º Jornal do Brasil;

Novembro - 07 . Dia do Radialista;

Dia da Imprensa1

Depois de passarem por uma batalha de versões, os jornalistas de Santarém poderão comemorar o Dia da Imprensa numa festa programada para esta sexta-feira (01/06) pelo Sindicato dos Radialistas de Santarém presidido por Augusto Sousa (foto O Impacto)e pela Superintendência do BASA, com premiação aos profissionais que se destacaram no ano de 2011, nos segmentos de Rádio, Televisão, Blogs e Jornal Impresso.
O evento será às 16horas, no Auditório  "Pérola do Tapajós", do Banco da Amazonia, localizado na Praça Barão de Santarém.

Processo pela criação de hidrelétricas no Tapajós avança rápido

Foi rápido. A Medida Provisória 558/2012, que altera limites de oito unidades de conservação da Amazônia, mal saiu vitoriosa da Câmara e já foi aprovada, ontem (30/05), pelo Senado Federal. A MP, convertida em Projeto de Lei de Conversão (PLV) 12/2012, foi aprovada em votação simbólica por 68 parlamentares que não se manifestaram, caracterizando que concordavam com a proposta. 

As diminuições nas áreas das unidades de conservação têm como objetivo primário viabilizar a construção do Complexo Hidrelétrico de Tapajós (foto ao lado, do blog Língua Ferina), formado por 5 usinas em pontos diferentes do rio Tapajós, todos no entorno ou dentro de Unidades de Conservação. A construção dessas usinas está prevista no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) e no plano decenal de expansão de energia.  
Leia mais AQUI.

Mas, a aprovação da MP e sua conversão em lei não eliminam, porém, a possibilidade de questionamentos jurídicos. O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, apresentou ao Supremo Tribunal Federal uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) contra a MP, ação que ainda não foi julgada. Caso o STF decida que a medida foi inconstitucional, a MP e sua lei perdem a eficácia.
Leia mais AQUI.



No mapa acima, todos os projetos de hidrelétricas na Amazônia (do blog SOS Rios do Brasil)


Sessão do júri é interrompida e prossegue amanhã


Das dez testemunhas que deveriam ser ouvidas hoje no processo contra o ex-sindicalista dos Rodoviários, Argemiro de Oliveira Gomes (acusado de matar o mototaxista Jonathas Lemos de Oliveira há 10 anos) apenas seis compareceram ao plenário do Tribunal do Júri da 10ª Vara Penal, presidido pelo juiz Gérson Marra Gomes (foto). 

Entretanto, duas que moram no planalto não compareceram e tiveram que ser conduzidas ao plenário por um oficial de Justiça acompanhado da PM. Por causa disso houve uma interrupção de três horas nos trabalhos iniciais, atrasando todo o rito do júri.

Com o final dos depoimentos, os representantes do MP, Adleer Calderaro Sirotheau,e da Defesa, Benones Agostinho do Amaral e Moacir José Bezerra Mota, entraram em acordo e pediram a suspensão da sessão até amanhã, dando chance dos sete jurados descansarem. 

Assim, a leitura de peças processuais e o depoimento do réu ficam para amanhã de manhã, para em seguida iniciarem-se os debates que podem durar até cinco horas, se houver réplica e tréplica. Os jurados ficarão confinados num hotel da cidade, incomunicáveis, sob guarda de uma guarnição da PM e de oficiais de Justiça.


--------------
Atualização: o réu acabou condenado no dia seguinte a 18 anos de reclusão em regime fechado. Como responde solto por este processo, vai poder aguardar recurso em liberdade, caso assim queira.

Ufopa: a guerra das versões nas coletivas de Imprensa

Uma disputa partidária entre grupos ligados ao PT e ao PSDB dentro da mais nova universidade federal da Amazônia. Tudo isso em meio a uma greve onde PSOL e PSTU fazem coro com estudantes e professores, e aumentam a tensão na disputa. 

Essa é a a atual situação da UFOPA - Universidade Federal do Oeste do Pará, sediada em Santarém, que assiste à troca de acusações entre a direção do reitor Seixas Lourenço (apoiado por setores do PSDB) e o vice-reitor Clodoaldo dos Santos (ligado a um dos grupos do PT).

O novo round dessa guerra será feito em duas trincheiras, na mesma hora (08h30), em locais diferentes da cidade, nesta sexta-feira, 1º de junho!

No Dia da Imprensa, os jornalistas de Santarém vai ter que se virar para cobrir os dois lados ao mesmo tempo, já que o reitor dá entrevista coletiva no prédio da Reitoria (onde diz que vai esclarecer cada um dos pontos das denúncias que pairam sobre sua gestão), enquanto o deputado federal Zé Geraldo (PT), dá entrevista coletiva do outro lado da cidade, na Câmara Municipal (onde deve endossar as denúncias que fez recentemente, em Brasília, contra  a gestão do reitor).

Quem vai beijar o octógono primeiro?

Julgamento de ex-sindicalista atrasa por causa de testemunhas faltosas

O júri do ex-sindicalista dos Rodoviários Argemiro de Oliveira Gomes (foto abaixo, ao lado de seus advogados) só começou às 11h45, no salão do júri do Fórum de Santarém, com o primeiro depoimento de uma das testemunhas. Ocorre que duas testemunhas residentes na estrada Santarém-Jabuti não compareceram ao plenário e a defesa pediu que as mesmas fossem conduzidas ao recinto. 
A sessão só começou quando o oficial trouxe uma das testemunhas ao plenário, a outra não foi encontrada. A defesa ainda tentou cancelar a audiência por conta disso, mas o juiz presidente, Gérson Marra Gomes,  que preside os trabalhos manteve sua realização, sob protestos da defesa. Os trabalhos foram suspensos, agora, para o almoço, após o término da oitiva do delegado Jamil Casseb.

Mototaxista - Argemiro, de 50 anos, é acusado de participar da morte do mototaxista Jonathas Lemos de Oliveira, há 10 anos. Ele já havia sido julgado e condenado ano passado, junto com o empresário Paulo "Boca Larga" que também era acusado de ser autor do crime. 
Os dois recorreram da decisão e o TJE decidiu diminuir a pena de Paulo e mandou cumprir a sentença, mas o empresário faleceu antes de ser preso. Já Argemiro, teve seu julgamento anulado por erros processuais e por isso está sendo julgado novamente.
Argemiro está sendo defendido pelos advogados Benones Agostinho do Amaral e Moacir José Bezerra Mota, que veio de Roraima. O promotor público Adleer Calderaro Sirotheau está na acusação, defendendo a tese de Homicídio Qualificado e ocultação de cadáver. A previsão é que o júri só termine amanhã.

Convocação


 
ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA

CONVOCAÇÃO
  

O presidente do INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRÁFICO DO TAPAJÓS – IHGTap, no uso de suas atribuições legais, CONVOCA os Associados Efetivos, no pleno exercício de seus direitos estatutários, para uma reunião de ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA a realizar-se no dia 11 de junho de 2012, segunda-feira, na sede do ICBS – Instituto Cultural Boanerges Sena (sito à Tv. 15 de Agosto entre Borges Leal e Marabá) em 1ª convocação às 17h00 e em 2ª convocação às 17h30, para deliberar os seguintes assuntos:

a) Aprovação do plano de atividades 2012;
b) Aprovação de novos sócios efetivos e correspondentes;
c) O que ocorrer.


Santarém-Pa, 29 de maio de 2012.




Pe. SIDNEY AUGUSTO CANTO
Presidente do IHGTap

Talese: "jornais não vão morrer"


"A observação é essencial. O jornalismo é ir aos fatos, estar lá, ver você mesmo. Você não pode fazer reportagem pelo telefone, pelo Google. Tem que presenciar se quiser escrever alguma coisa." 

O ensinamento é do jornalista italo-americano Gay Talese (foto ao lado), conhecido como um dos expoentes do "jornalismo literário" e autor de livros como "Honra Teu Pai", "A Mulher do Próximo" e "O Reino e o Poder".

Ele falou ontem (30/05) a uma atenta plateia de jovens acadêmicos de jornalismo, em São Paulo, e disse entre outras coisas que "sempre haverá espaço para o bom jornalismo". Para ele os "jornais não vão morrer".

Leia mais AQUI.

Sentido (Jota Ninos)


Como hei de morrer acordado
Sem nunca acordar tão morrido?
Sem ter você ao meu lado
Como hei de querer, sem nunca ter tido?

Como haverei de viver açodado
Sem nunca sequer ter sentido?
Sem ter ao menos flertado
Como hei de gemer teu gemido?

Não hei de viver amargurado
Enquanto me achar teu amado
Sem mesmo um dia ter sido

Mas hei de morrer acanhado
Se um dia me ver mergulhado
Na angústia de já ter te esquecido

quarta-feira, 30 de maio de 2012

A poderosa Afrodite flertando com Apolo numa relação que pode até nos cegar...



Afrodite é o nome grego da deusa Vênus, na tradição romana (no alto a reprodução do belíssimo quadro Nascimento de Afrodite, de Boticcelli). É a deusa do amor que se deitou com muitos homens, segundo as narrativas mitológicas. Mas apesar de se divertir com vários deuses e mortais, Afrodite/Vênus nunca se engraçou com Apolo, o deus mitológico do sol. 

Essa relação pode ser vista na próxima semana pra quem olhar pro céu no horário da tarde, quando um fenômeno que ocorre a cada 100 anos ocupará o espaço sideral.

Imagem de arquivo de Vênus fotografada durante passagem em frente ao Sol; fenômeno se repete em 5 de junho
Associated Press
Imagem de arquivo de Vênus fotografada durante passagem em frente ao Sol; fenômeno se repete em 5 de junho


O trânsito do planeta do amor (Vênus) pela estrela da verdade (Sol), será um momento de rara beleza. Quem sabe nos inspire em tempos de conspirações dos quatro poderes: Judiciário, Executivo, Legislativo e a Imprensa, em tramas cada vez mais arquitetadas para afetar a República do Cachoeira.  

Os grandes grupos corporativos da mídia aproveitam para reverberar a notícia sobre o tal encontro de Lula com o ministro Gilmar Dantas, digo, Mendes...que parece não ser como a contam, e por isso mesmo é combatida no mundo livre da internet pela trincheira de blogs.

Que o amor de Vênus seduza a luz da verdade de Apolo, mas que esta luz não nos cegue quando olharmos para o céu, no dia 5 de junho...

Mais detalhes sobre o fenômeno, AQUI.

PC do B, PTN e PTB montam comissões para coligação de vereadores

Enquanto o quadro para a prefeitura ainda pode ter mudanças, partidos continuam discutindo coligações visando a eleição proporcional, à Câmara de Vereadores. Este ano, serão 21 vagas em disputa, por cerca de 25 partidos. Deverá ser a última eleição em que será permitida a coligação de partidos na proporcional. 


Entre os partidos nanicos que tentam se juntar para conseguir eleger representantes na Câmara Municipal, já destaca-se a coligação que terá o PCdoB (Partido Comunista do Brasil), PTN (Partido Trabalhista Nacional) e PTB (Partido Trabalhista Brasileiro). Os lideres dos três partidos na foto acima, José Luiz Martins (PCdoB), Anderson Augusto (PTN) e Beto Frazão (PTB), reuniram-se anteontem juntamente com outras lideranças de seus partidos para consolidar a aliança, além de definir comissões de trabalho.

O grupo ainda espera a consolidação das candidaturas a prefeito, para definir qual será sua opção, além de ainda estar conversando com outro partido que poderá compor a aliança. As comissões de trabalho criadas no encontro foram: Marketing, Finanças/Contabilidade e Jurídico/Eleitoral.

Havia uma Rocha no meio do caminho...

O dilema drummondiano do poema E agora, José? não poderia ser mais atual para o Partido dos Trabalhadores que se encontra numa grande encruzilhada nas eleições municipais de Santarém, em 2012. O candidato do partido, Inácio Corrêa, apesar da experiência, da simpatia e da sensatez que o tornaram lugar-tenente da família Martins, não consegue transformar isso em carisma eleitoral, e nem a prefeita Maria do Carmo não consegue ter a mesma performance de Lula, que elegeu o poste Dilma em 2010. A festa acabou?

O poste de Maria (charge abaixo de minha tosca autoria à partir de fotos oficiais) é muito pesado e ela não tem a mesma avaliação popular de Lula ao final de seu segundo mandato. E a situação só não é pior porque do outro lado, Lira Maia carrega um poste tão pesado quanto o do PT, chamado Alexandre Von, que além disso é apadrinhado do governador Simão Jatene, inimigo da região que lutou pelo Estado do Tapajós.  


Mas a quase consolidada saída do PMDB da barca petista, acendeu o sinal vermelho e a candidatura de Inácio subiu o telhado... Que ninguém se espante se o candidato do PT à prefeitura for modificado nos próximos dias... Há fortes indícios que a cúpula martiniana já pensa em tirar um poste e colocar outro menos pesado. Já falei disso em post anterior sobre a "Guerra dos Raimundos", como chamo o pleito até agora. 

Alguns partidos aliados do governo, baseados numa suposta "preferência martiniana", acenavam há algumas semanas com simpatia para o nome do vereador José Maria Tapajós (PMDB), de forma a manter a aliança com seu partido, e chegaram a sugerir a troca de posições entre José Maria e Inácio Corrêa, na chapa. Outros aliados rechaçam veementemente esta hipótese. 

Enquanto isso, Antonio Rocha sonha em ser candidato com o aval de Jader Barbalho e se torna mais que uma pedra, e sim, uma Rocha no caminho petista rumo à continuidade do governo Cidade da Gente por mais quatro anos.

Diante do impasse, o PT pode optar em colocar outro poste menos conhecido, no lugar de Inácio, apostando que ele tenha maior força para crescer... Este seria o atual secretário municipal de Finanças, que coincidentemente se chama RAIMUNDO Edmilson Santos Filho (foto acima, da Ascom PMS)! Ou seja, caso se confirme essa informação, troca-se um Raimundo por outro e a Guerra dos Raimundos continua...

E agora, Maria?

terça-feira, 29 de maio de 2012

O primeiro aninho de Sophia Ninos


Minha segunda neta completa hoje seu primeiro ano de vida. Ela mora em Campinas-SP, com seus pais, Thiago Ninos e Luciene Rocha. Só a conheço de fotos pelo Facebook. Mas em breve darei um jeito de estar perto dela. Sophia, que em grego quer dizer Sabedoria, nada mais puro do que estar em uma criança. Um beijo à minha neta Sophia Ninos, deste vô que baba de longe...

Dez Pedidas (Jota Ninos)

Não houve apenas uma,
Foram dez pedidas
Dez juras de amor perdidas
Dez vezes, dez meses, dez encantos...

Desencantos de uma despedida
Que na hora da partida
Deixou repartida,
Nossa emoção mal resolvida...

Dez ilusões de uma realidade
Que se quedou mal concebida
Desilusões arrependidas
Dez vidas, desvalidas...

Esquálidas paixões esculpidas
Na cadência da intenção retraída
Dez medidas e muitas ebulições
Invariavelmente desmedidas

Dez enredos de um segredo
Que acabou num desenredo
De uma paixão tão desnutrida
De uma paixão tão descabida

Dez feridas, desprovidas da razão
De uma rejeição já desferida
No precipício da alienação
Mais uma vez mal percebida

Haverei de chorar em vão
Por tantas outras dez pedidas
Que pedi das tuas mãos
O coração, das despedidas...

Meus tempos de cinema em Santarém e a nova sala do shopping


No último sábado (26/05) assisti pela primeira vez um filme na nossa nova sala de cinema, no Shopping Paraíso. Tinha perdido a oportunidade de assistir o filme de estreia (Fúria de Titãs 2), há três semanas, por conta de outras ocupações. Mas a minha vez ia chegar. 

Esperei para estrear o cinema com um filme que não fosse apenas um blockbuster (os chamados "arrasa-quarteirão") hollywoodiano. Nada melhor do que ver um filme nacional que tem recebido boas críticas e que fala de algo próximo da gente: a saga de três irmãos em defesa dos desprotegidos índios amazônicos, à partir da década de 1950.


A primeira impressão ao entrar na sala foi boa. O Cine Laser (foto acima, do site NoTapajós) é aconchegante com seus 140 lugares, como qualquer uma das salas de cinema de qualquer shopping do Brasil. Mas é bom ir preparado para o frio: a refrigeração no local é forte. Para quem gosta deve ser legal. Eu, que detesto frio, fui agasalhado com uma jaqueta jeans...(rsrs)

A sessão de estreia do filme, na sexta-feira, eu havia perdido por estar lotada. A segunda sessão no sábado também lotou, mas desta vez entrei junto com meu filho caçula. Uma boa dica: compre o ingresso um dia antes. Por ser novidade, todas as sessões continuam lotando. Mas ainda bem que não estávamos no final da fila pois, estranhamente, começaram a rodar o filme antes que todo mundo já estivesse sentado!!! E haja gente correndo no escuro, para não perder as primeiras cenas do filme... Espero que isso tenha sido exceção e que não seja regra...

Um filme na cabeça

O filme começa e a emoção de poder assistir, novamente, uma película na telona da cidade que escolhi para viver, mexeu com minha emoção de cinéfilo. Perdão pelo trocadilho, mas um filme passou na minha cabeça nesse momento! Relembrei quando cheguei a Santarém em 1978 e tinha quatro cinemas à disposição (menos da metade do que tinha em Belém), mas aqui, aos 15 anos, já podia entrar em todas as sessões. E até fiquei amigo de um porteiro que me deixava entrar de graça em alguns filmes (rsrs). É bem verdade que os filmes não eram - em sua maioria - os que estavam no circuito nacional. Mas valia a pena. Não era como em Salônica (Grécia), onde durante os três anos que passei lá (1988/1991) tinha mais de 50 cinemas à minha disposição e chegava a assistir até 5 fitas por semana!!

Mas em Santarém, além do Cine Olympia (na praça da matriz, onde hoje há um restaurante) e do Cineramma (na Rui Barbosa onde existe uma igreja evangélica), ambos da família Loureiro, tínhamos o Cine Acácia, na São Sebastião, com Moraes Sarmento (onde hoje funciona o depósito de uma distribuidora de produtos) e o Cine Tapajós, que funcionava no subsolo do Tropical Hotel (hoje, Barrudada), este último  acabou virando um cinema pornô, antes de fechar em definitivo... No Cine Acácia, meu pai montou (a convite do dono) uma filial da lanchonete dele e era eu que trabalhava às tardes e assim, conseguia assistir muitos filmes de graça! Foi lá que conheci um tal de Jorge Carlos, que era um dos projetistas do cinema (hoje, o famoso radialista da Rádio Guarany...rsrsr). nenhum de nós dois sabia que um dia viríamos a fazer sucesso no rádio...

Naquele tempo comecei a aguçar meu sentimento de cinéfilo, chegando a ver até três sessões num dia! Assistia um bangue-bangue no vesperal do Olympia e emendava com o filme da primeira sessão da noite do mesmo cinema. Terminado o filme, saía correndo pela Avenida Barão do Rio Branco para assistir a última sessão do Cineramma!! Na época, era mais magro e aguentava esse pique...(rsrsrs) 


O Cine Laser e seus "ajustes"

Mas voltando ao Cine Laser (acima outra foto do site NoTapajós), tive o prazer de entrar e sentar com o saco de pipoca e um refrigerante na confortável poltrona, com espaço lateral para encaixar o copo. O filme que fui assistir começa a rodar e uma coisa estranha me chama atenção. As primeiras imagens do Xingu parecem desfocadas. É como se o projetista estivesse ajustando a lente. Mas o pior é que isso acontece de vez em quando durante o filme, gerando uma sensação incômoda aos olhos e a perda de algumas cenas importantes na trama. Meu filho me diz que ouviu dizer que durante uma sessão na semana anterior um filme todo ficou assim e acabaram interrompendo a exibição e devolveram os ingressos aos espectadores... Será? Gostaria de uma explicação da empresa e espero que tenha acontecido só nesse dia... Ou haveria um problema maior na máquina? Ou quem sabe o projetista é inexperiente?

O filme segue, e por ser nacional é preciso aguçar mais os ouvidos. Apesar dos avanços do cinema nacional, ainda existem problema na sonorização de alguns filmes. Muitas vezes algumas frases nos escapam. mesmo assim dá pra acompanhar o enredo da saga dos irmãos Villas-Boas, indigenistas que conviveram nos meio de tribos do alto Mato Grosso e lutaram para criar o Parque Nacional do Xingú, que acomodou diversas etnias, inclusive algumas ameaçadas de extinção. E a relação com a serra do Cachimbo, de Jacareacanga, eu não conhecia (não vou falar nada, para que ninguém que não tenha assistido o filme me apedreje...) ... Mas o filme é espetacular, valeu o ingresso e eu recomendo.

O filme acaba, e como é comum, 99% do pessoal que assistia se levanta e sai, em meio a burburinhos. Baldes de pipoca vazios são pisoteados, latas de refrigerante quedam-se mudas sobre os assentos. Eu sou aquele 1%, pertencente à fauna dos cinéfilos que adora assistir o letreiro até o final... E de repente, PUFT! A TELA SE APAGA, antes que a ficha técnica sequer tenha iniciado!!! Sacrilégio! Atônito, olho em direção da fresta do projetor e identifico a mão de um apressado projetista retirando o rolo da máquina. meu ímpeto é ir até lá e esculachá-lo! Sou contido pelo meu filho, que não entende minha fúria! 

Como assim? Tantos anos assistindo filme na TV que interrompem a ficha técnica para iniciar a próxima atração e no cinema o cara me corta o filme antes de acabar toda a projeção??? E se houvesse algum filmete lá pelo fim da fita, com alguma cena cortada? Muitos cineastas gostam de fazer surpresas depois que a ficha técnica começa a rodar. O próximo filme em cartaz, "Os Vingadores", abusou desse artifício, mostrando sempre um mini-trailer nos filmes de cada Vingador! E como saber de quem era aquela música que tocou? Quem eram os atores? E aquele coadjuvante que roubou a cena como índio e que eu nunca vi antes? Nesse ítem, os DVDs e Blue-rays que assito em casa tem sua vantagem. Sou aquele que depois que termina de assistir o filme, vou em busca dos extras, comentários, entrevistas, e traillers. Um cinéfilo inveterado...

Fica meu protesto, e espero não ter que continuar protestando nos próximos filmes. Se a direção da empresa quiser se explicar, o blog está aberto. Tenho o direito de ver o filme até o final... Mas enfim, que seja bem-vinda a nova sala, apesar dos pequenos desajustes...

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Um cantor Nato...

Valeu muito a participação do grande Nato Aguiar, no meu programa Bazar Brasileiro, ontem (27/05). O cantor e compositor piauiense deu um show de interpretação.
Falei sobre isso no meu Facebook, logo após o programa. Veja lá os comentários do pessoal.

sábado, 26 de maio de 2012

Xingu, o filme



Hoje à noite, depois de visitar o Salão do Livro, vou assistir Xingu, o filme que estreou ontem no nosso novo Cine Laser, no Shopping Paraíso.

Tentei assistir ontem, mas a lotação esgotou. O filme é nacional e tem recebido boas críticas. Fala da saga dos indigenistas brasileiros, os irmãos Villas-Boas.

Assista o trailer neste link: 
http://www.youtube.com/watch?v=YnhuVKb1qWU


Agora sim, Nato Aguiar no Bazar



O cantor e compositor Nato Aguiar (foto acima, de Paulo Sena) será a grande atração deste domingo, 27/05, no programa Bazar Brasileiro, na Rádio Rural de Santarém. Uma das mais belas vozes da Amazônia, Nato Aguiar é um piuiense que adotou Santarém como sua cidade desde o final dos anos 1980.


Professor de Música da UEPA, já foi secretário de Cultura de Itaituba e gravou vários CDs, além participar de shows musicais todas as semanas. Nato Aguiar deveria ter se apresentado há duas semanas, mas problemas de agenda acabaram transferindo sua presença para este domingo no Bazar Brasileiro, apresentado pelo jornalista Jota Ninos. 


Desde já, peça a música que quer ouvir Nato cantar e ofereça a quem você gosta. Entre em contato pelo Facebook, ou pelo e-mail bazarbrasileiro@gmail.com, ou ainda pelos fones (93) 3522-2692 (estúdio) ou (93) 9145-4979.

Você pode escutar o Bazar Brasileiro pela Rádio Rural AM, canal 710 ou pela internet: www.radioruraldesantarem.com.br.

Domingo, 27de maio, Nato Aguiar no Bazar Brasileiro!

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Filho do deputado Antonio Rocha é condenado

A decisão saiu na noite de ontem, depois de 12 horas de julgamento. Antonio Rocha Jr. foi condenado a sete anos de reclusão, na penitenciária de Santarém.

Leia mais AQUI.

Obs: a nota no link é do Tribunal de Justiça. Há apenas um pequeno equívoco: o nome da nossa penitenciária é Centro de recuperação Silvio Hall de Moura, também conhecido por Penitenciária de Cucurunã.

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Adiada a abertura do Salão do Livro

Acabo de receber comunicado conjunto da Prefeitura e Governo do Estado, informando que a abertura do V Salão do Livro do Baixo-Amazonas foi adiada:



Prezados Senhores,

A Prefeitura Municipal de Santarém, através da Secretaria de Cultura (SMC) e o Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Cultura informam que a abertura oficial do V Salão do Livro da Região do Baixo Amazonas, evento integrante da XVI Feira Pan-Amazônica do Livro, foi transferida para o dia 26 de maio de 2012, às 18 horas, no Parque da Cidade. A mudança na data de abertura se deve ao fato de que a balsa que transportava os materiais dos expositores do evento sofreu um problema mecânico próximo ao município de Almeirim, adiando em um dia a chegada deste transporte em Santarém. Toda a programação prevista para o dia 25 de maio foi transferida para o dia 26, sábado.
As demais atividades do evento seguem conforme o calendário já divulgado pelos órgãos governamentais responsáveis pelo Salão. Importante ressaltar que o V Salão do Livro da Região do Baixo Amazonas estará aberto à visitação pública a partir das 14 horas deste sábado, com entrada gratuita.

Atenciosamente,

Prefeitura de Santarém
Governo do Estado do Pará


Filho de deputado se diz perseguido pela imprensa por causa do pai

"Já ajudei mais de 63 comunidades da região do Lago Grande e lá todos sabem que não sou o que dizem de mim na imprensa". Esse foi o tom do depoimento de Antonio Rocha Jr., que é réu no processo que apura a morte de Roque Sarmento, em 1998, na região do Lago Grande. Respondendo às perguntas de sua defesa, Rocha Jr. disse que é vítima de ataques em noticiários de sites, blogs e jornais de Santarém pelo fato de ser filho de deputado. 

Ele admitiu que tem outros processos, inclusive de acusação de participar de assalto a bancos em Manaus, mas diz que tudo é fruto de "perseguições políticas", de adversários políticos de seu pai. Disse ainda que foi acusado de ter disparado tiros no Cais do Porto de Santarém, durante uma confusão entre donos de embarcações. "O diretor da CDP é ligado a um partido que faz oposição ao meu pai e inventou essa história, ao levar o caso à polícia", se defendeu.

Sobre o crime ao qual responde, afirmou que atirou na vítima, Roque Sarmento, em legítima defesa, pois este teria vindo pra cima dele junto durante uma festa no barracão com outras pessoas, demonstrando intenção de atingi-lo. Disse que levou tapas no rosto e que puxou da arma e atirou primeiro para o chão, mas como Roque não parou, atirou em seu braço e a bala acabou perfurando-o e atingindo seu abdômen. 

Seu depoimento é contrário ao das testemunhas de acusação, que dizem que ele chegou no barracão atirando contra a vítima. Tudo por causa de uma discussão que Roque tinha tido com um comandante de sua embarcação na atracação do trapiche da da localidade, antes da festa. Testemunhas de acusação prestaram depoimento pela primeira vez num julgamento, através de videoconferência, já que residem em Santarém. Por falta de energia em Santarém, o júri chegou a ser interrompido.

O julgamento foi interrompido por alguns minutos e agora começam os debates entre o promotor público Rodrigo Aquino e o advogado Clodomir Araújo. Antonio  Rocha Jr. é acusado de Homicídio Simples e se for condenado pode pegar uma pena de até 20 anos.

AI-5 Digital perde força


O deputado tucano Eduardo Azeredo (PSDB/MG) voltou atrás e retirou a maioria dos artigos do projeto de sua autoria, que prevê uma série de proibições no acesso à internet. Azeredo, recuou depois que um abaixo-assinado de 350 mil assinaturas contra sua proposta.

Mas ele ainda não desistiu de implementar o que se tem chamado de AI-5 Digital, em referência ao Ato Institucional nº 5, publicado durante a ditadura militar para cercear diversos direitos de liberdade e cidadania.

Leia mais AQUI.

Elton John hospitalizado


Parece que a bruxa anda à solta nos show bizz internacional. Ídolos da década de 1970 e 1980 tem sido constantemente acometidos de graves doenças e algumas delas acabaram morrendo, como foi o caso de Donna Summer e Robin Gibb, na semana passada.
Agora, o noticiário informa que o grande cantor e compositor inglês, Elton John está hospitalizado. Leia mais AQUI. Torço daqui para que mais este ídolo consiga superar essa fase.

Júri em Belém é interrompido durante uma hora por falta de energia em Santarém


Uma interrupção por falta de energia de uma hora, aconteceu hoje pela manhã durante a sessão da 3ª Vara do Júri da Capital, onde está sendo julgado o réu Antonio Rocha Jr., filho do deputado estadual Antonio Rocha (PMDB). Só que a falta de energia aconteceu em Santarém, a quase 1000 km da capital, onde se encontravam as testemunhas de acusação que eram ouvidas, pela primeira vez, através de teleconferência. A queda de energia que atingiu o bairro onde fica o Fórum de Santarém aconteceu quando se iniciava a oitiva da última das cinco testemunhas e impediu a conexão através da internet.
Após o retorno, a última testemunha foi ouvida e juntamente com as outras quatro foi dispensada pelas partes. O júri prossegue agora com a oitiva das testemunhas de defesa, que se encontram em Belém. O defensor do réu, advogado Clodomir Araújo e o promotor público Rodrigo Aquino, interpelam as testemunhas. Em seguida será ouvido o réu, que é acusado de matar Roque Sarmento em 1998, na região do Lago Grande, onde acontecia uma festa.  
O júri pode ser acompanhado online pela internet, no site do Tribunal de Justiça.

Lúcio Flávio e a grilagem do Xingu




Grileiros mais juizes: assalto às terras do Pará. Este é título do novo livro do jornalista santareno Lúcio Flávio Pinto a ser lançado neste sábado, durante a Feira do Livro, que este ano homenageia o maestro Isoca. 

O livro é mais uma produção da Editora O Estado do Tapajós, que promoverá, junto com a Rádio Rural de Santarém, uma palestra com o autor sobre grilagem de terras no Xingu.

A palestra será às 17h00 e o lançamento do livro, às 19 horas do sábado, no Espaço Pérola do Tapajós.

terça-feira, 22 de maio de 2012

Filhos abandonados

O Núcleo Regional  do Ibdfam - Instituto Brasileiro de Direito de Família, vai realizar na próxima quinta-feira, 24/05, às 19h00, no Auditório Central do Campus Tapajós/Ufopa, o II Colóquio de Direito das Famílias de Santarém e do Baixo-Amazonas.
Segundo presidente do Ibdfam em Santarém, advogado Ubirajara Bentes Filho, o evento contará com a palestra sobre o tema: "ABANDONO MORAL DOS FILHOS: DIREITOS, OBRIGAÇÕES E CONSEQUÊNCIAS", tendo como palestrante o juiz Laércio de Oliveira Ramos, da 3ª Vara Cível. Como debatedores participarão da palestra os advogados Miguel Borghezan e Marlene Escher.

Um Raimundo afundando...

Fonte petista me informa: a Guerra dos Raimundos pode perder um de seus combatentes. Gente do alto comando da Martilândia já estaria trabalhando com a hipótese de retirar Raimundo Inácio da disputa, pelo fraco desempenho até agora nas pesquisas... O problema é achar o plano B...

______________________
Atualização às 14h25: pode até ser teoria da conspiração, mas me chega outra informação que as cúpulas do PT e do PMDB estiveram reunidas ontem pela manhã, à portas fechadas, no salão paroquial de São Sebastião, onde o tema principal era logicamente a eleição 2012. Quem viu o pessoal saindo da reunião diz que o vereador José Maria Tapajós (PMDB) tinha um sorriso de orelha à orelha... ligando com a nota acima, isso quer dizer...

Mais um júri da 10ª Vara é cancelado


Foi o terceiro júri da 10ª Vara cancelado, em duas semanas. Desta feita, a pedido da Defensoria Pública - através dos defensores Francelino Eleutério e Matuzalem Bernardo -  que pediram o cancelamento do Júri que deveria julgar o lavrador MELQUÍADES ROCHA CASTRO, 54 anos, acusado de matar seu cunhado Everaldo de Sousa, com cinco facadas. 
O cancelamento foi por causa de vícios formais no processo, ou seja, a falta da intimação do réu para constituir advogado, quando sua primeira advogada desistiu da ação e esta foi logo distribuída à Defensoria. O promotor Adleer Sirotheau concordou e o juiz Gérson Gomes cancelou a sessão intimando, no ato, o réu a constituir novo advogado, já que ele pediu pra conversar com a família e saber se vai contratar um advogado ou vai se manter com a Defensoria.
O crime ocorreu no dia 21/10/1998, na localidade de Jaguarari, município de Belterra. Os dois já tinham animosidade antiga e nesse dia se encontraram numa estrada, quando iniciaram uma briga que culminou com o esfaqueamento de Everaldo. A rixa entre eles seria porque Melquíades havia denunciado um irmão de Everaldo à polícia pelo crime de estupro.
O próximo júri será no dia 31/05, quando sentará no banco dos réus, novamente, o ex-presidente do Sindicato dos Rodoviários, Argemiro Gomes (foto acima à esquerda). Ele foi julgado e condenado juntamente com o empresário Paulo Boca Larga (foto acima à direita) há dois anos, pela morte do mototaxista Jonathas Lemos de Oliveira, assassinado em 2002. Argemiro recorreu e conseguiu anular o júri, já Paulo Boca Larga não ganhou o recurso, mas faleceu este ano antes de cumprir a pena. (foto Blog do Ércio)

Filho de deputado será julgado em Belém

Deve acontecer na próxima quinta-feira, 24/05, em Belém o julgamento de Antonio Rocha Jr., filho do deputado Antonio Rocha (PMDB), acusado de assassinar o professor Roque Fonseca Sarmento, na região do Lago Grande, em 1998. 
O processo deveria ter sido julgado em 2008, na cidade de Santarém, mas por causa de um fato inédito acabou tendo que ser desaforado, ou seja, mudar de foro. O caso ganhou repercussão na imprensa do Pará (leia AQUI e AQUI), por causa da alegação de suspeição dos 10 promotores locais, levando o juiz da época a solicitar o desaforamento por "estar ameaçada a imparcialidade do corpo de jurados".
Esta será a quarta tentativa de julgar o réu. Depois de Santarém, por duas vezes a sessão foi cancelada em Belém, a pedido de seus advogados. O promotor público de Faro, que atuou em Santarém, Rodrigo Aquino, atuará no caso. Testemunhas que moram no Lago Grande serão ouvidas através de videoconferência no Fórum de Santarém.

Nada de novo na insossa Guerra dos Raimundos

A menos de quarenta dias para a definição, em convenções, de quem serão os candidatos a disputar o mandato de prefeito de Santarém (em 07/10/2012), nada de novo acontece no front de uma guerra anunciada ainda em 2009, quando cunhei o termo Guerra dos Raimundos, em função da coincidência de que os três candidatos, então postos (e ainda hoje em campanha), tivessem o mesmo nome e um quase epíteto secreto: Raimundo. O artigo foi publicado originalmente no Blog do Jeso, já que este pobre blog estava desativado. Entretanto, o link se perdeu entre uma mudança de layout e outra. Mas minha filha jornalista, Carla Ninos, também publicou o artigo em seu blog, onde ele pode ainda ser lido (clique AQUI).


À época, o momento era tenso pois as águas do Tapajós ocasionaram a maior cheia de todos os tempos (quase como agora) e a cidade vivia um sufoco; Maria do Carmo, a prefeita reeleita nas urnas, lutava na Justiça para ter reconhecida sua candidatura, enquanto o presidente da Câmara, José Maria Tapajós guardava sua cadeira; e o TSE, em uma de suas decisões atabalhoadas, anunciava a realização de uma nova eleição em abril daquele ano! O pleito acabou não ocorrendo, mas já tinha até três candidatos que se debateriam no front de uma cidade de ninguém: Alexandre RAIMUNDO de Vasconcelos Wanghon (PSDB), RAIMUNDO Inácio Campos Corrêa (PT) e RAIMUNDO Márcio Pinto de Jesus (PSOL). (Na foto acima, o Raimundo do PSDB, o Raimundo do PT e o Raimundo do PSOL) 

Mas na batalha judicial em Brasília, Maria acabou vencendo e adiando o embate dos Raimundos. O único Raimundo que venceu naquele ano e que salvou nossa auto-estima foi o SÃO RAIMUNDO, campeão pela 4ª divisão do Brasileirão! Agora, às vésperas das convenções dos mais de 20 partidos existentes em Santarém, só existe uma certeza: a Guerra dos Raimundos está prestes a acontecer! Mas como ela é insossa!! 

A população tem que escolher entre dois candidatos Raimundos que representam projetos desgastados e que comandam o município há quase 16 anos, ou optar por uma quase terceira via, que não se consolidou como tal pela fragilidade do PSOL, partido do terceiro Raimundo.

É uma guerra insossa por que nenhum dos três Raimundos tem carisma suficiente para convencer de que é o melhor. No máximo vencerá o menos pior. Alexandre Raimundo terá sempre por trás a sombra de seu guru Lira Maia (enrolado por um Cipoal de processos de improbidade) e Raimundo Inácio, a de seu guru Everaldo Martins (figura despótica de um governo com inanição de popularidade). Por sua vez Raimundo Márcio não tem guru, mas também não tem partido, não tem militância, não tem estrutura, não tem programa, apesar de ter boa intenção. E de boa intenção o inferno está cheio...

Opções ou balões de ensaio?

A semana que passou trouxe a triste informação de que não conseguimos alcançar o tão almejado número de 200 mil eleitores, que nos dariam a chance da disputa em dois turnos. Isso favoreceria que outras candidaturas nanicas pudessem se apresentar e, quem sabe, ganhar a musculatura de uma real candidatura de 3ª via.

Mesmo assim, alguns nomes ainda pululam dos bastidores políticos, entretanto, a maioria deles ou parece um balão de ensaio ou não consegue ter o tempero necessário para animar os eleitores nesta guerra insossa de tantos Raimundos.

Antonio Rocha (foto à esquerda), do PMDB, pode ser ungido como candidato nos próximos dias, pelo líder do partido no Pará, o senador Jader Barbalho, que vem a Santarém trazendo a tiracolo seu projeto de futuro governador do Estado, o filho Hélder Barbalho, prefeito de Ananindeua e especialista em outdoors pela cidade. Se não for apenas uma grande jogada para arrancar o máximo de compromisso dos petistas e/ou dos peessedebistas para uma composição, Antonio Rocha tem sempre uma garantia: para onde for, sempre será governo! Não existe político mais camaleônico que o deputado santareno. E ele está no partido certo: o PMDB, eterno suporte de todos os governos, desde o final da ditadura.

O bancário Rubson Santana (foto à direita), gerente da Caixa Econômica Federal, tem feito muito barulho e jura que é candidato a prefeito. Mas, sem jogo de cintura, mal conseguiu juntar ao seu redor outros partidos nanicos para formar pelo menos um exército Brancaleone. É a maior aposta do líder do PSC no Pará, deputado federal Zequinha Marinho, para iniciar um projeto de consolidação do partido em Santarém. Há quem diga que Rubson está sendo potencializado para ser o nome mais forte do partido na hora de mostrar seu verdadeiro objetivo: conquistar uma vaga na Câmara Municipal. A ideia seria coligar proporcionalmente com o PT e garantir uma das quatro ou cinco vagas que o partido almeja no Legislativo.

Outro nome que reaparece no cenário, a exemplo de 2008, é o do piloto Joaquim Hamad (foto à esquerda), que também tenta aglutinar os pequenos partidos num só bloco, para se lançar à Prefeitura, ou pelo menos barganhar maior espaço com um dos dois grandes blocos. Agora ele já não é do raquítico PTC como em 2008, mas de um mais encorpado PT do B, mais um nanico que flerta com o governo Jatene.

Por fim, o nome que teria maiores possibilidades de realmente ser uma surpresa nas eleições, titubeia e espera a hora de dizer NÃO. O médico Erik Jennings (foto abaixo), do PV, tem grande simpatia de muitos setores da classe média (e médica) por representar uma candidatura – com perdão do trocadilho – cirúrgica, diante do atual quadro desanimador. Mas para confundir nossos neurônios, o neurocirurgião empurra a decisão cada vez mais longe, esperando resultados de pesquisas encomendadas pelo seu partido.

Se o 2º turno tivesse se concretizado, com certeza a candidatura de Erik e dos demais citados seria uma realidade. Mas isso fica para 2016. Resta saber quem ainda se arrisca a tentar mudar o quadro da insossa guerra dos Raimundos, Ou pelo menos iniciar o “3º turno”, que aconteceria em 2016...

Enquanto isso, Santarém continua à mercê das águas que sobem. A Guerra dos Raimundos tem tudo pra ser uma guerra naval... E até o São Raimundo, nosso redentor em 2009, já afundou nas águas turvas da segunda divisão do Parazão este ano...

(créditos das fotos: Blog do Jeso e O Impacto)

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Pra mim, o show do ano!


Não gosto de música sertaneja, do tipo "universitário" (quando é que esses caras vão se formar e nos deixar em paz?).
A Paula Fernandes, para mim, não se encaixa nessa onda. Além de linda, tem uma voz maviosa e toca muita música sertaneja de raiz, do tipo cantoria do pantanal, da linha Almir Sater, Sérgio Reis...


Sua trajetória musical me lembra minha maior musa, Diana Pequeno (foto acima, do primeiro disco de 1979), a baianinha que me encantou nos anos 1980, mas que apesar de nordestina, não se vinculou ao estereótipo. Tocou um pouco de tudo, até se desiludir com a carreira e sumir... E eu que me apaixonei por ela, nem pude concretizar o sonho de casar com a Diana Pequeno! rsrsrs  Nosso filhos seriam os PequeNinos... (rsrsrsrs0
Mas voltando à Paula, quero ver de perto essa nova musa... quem sabe me apaixono de novo...

Donna...



A Donna das pistas se foi...
Mas sempre haverá, com ela, uma Última Dança!!
Ave, Summer!

O "amargurado" primeiro-ministro grego


"Tenho o nome certo para ser o primeiro-ministro da Grécia". Esta foi uma das primeiras mensagens em tom de brincadeira com seu sobrenome, do novo primeiro-ministro, temporário, da Grécia empossado hoje (foto ao lado, do jornal grego O Filelefteros, recebendo a bênção dos padres ortodoxos) para um mandato de um mês, o juiz Panagiotis Pikrammenos (o sobrenome dele em grego quer dizer, "amargurado").


Ele vai comandar o país no seu período realmente mais amargurado. A Grécia teve eleições mês passado, mas por ter um regime parlamentarista, o gabinete deve ser formado pela maioria. Entretanto os dois partidos que se alternam no poder há décadas (Pasok, de esquerda socialista, e a Néa Dimocratia, liberal de direita), não conseguiram estabelecer a maioria, perdendo várias cadeiras no parlamento para o partido de esquerda radical (Syriza) e para os neonazistas gregos.
O primeiro-ministro "amargurado" (foto à direita do Portal de Notícia Somente Chipre), montou um gabinete com 16 ministros, em sua maioria tecnocratas. Enquanto isso, os gregos correm aos bancos para sacar seu dinheiro, diante da incerteza do futuro do país.
Eu que vivi três anos na Grécia, entre 1988 e 1991, fico imaginando a situação de tanta gente que vivia, naqueles tempos, uma situação econômica já cambaleante, porém não desesperadora. O grego é um povo alegre, que adora fazer festas e quebrar pratos de gesso. Fui em muitos restaurantes do tipo e até ensaiei alguns passinho da dança. 
Mas hoje, a Grécia, literalmente, dança na economia europeia. E pode decretar o fim de uma Europa unida, que comecei a ver à época em que estive por lá. No rastro dos gregos, seguem os espanhóis, os italianos, os portugueses e os franceses. A faixa mediterrânea da Europa já começa a sucumbir. Depois será a vez da faixa mais "fria", representada pela Alemanha, Inglaterra e países nórdicos. Ou não?



Pará também pode ter sua Comissão da Verdade

Um projeto tramita na Assembleia Legislativa, visando a criação de uma Comissão da Verdade, no Pará, que será incumbida de apurar crimes cometidos durante a Ditadura Militar  e posteriormente, a exemplo da Comissão da Verdade instalada pela presidente Dilma Roussef.

Além do Pará, outros 7 estados também organizam suas Comissões da Verdade. Vale ressaltar que no Pará aconteceu um dos episódios mais sangrentos da época da ditadura, quando militantes do PCdoB que organizavam uma guerrilha na região do Araguaia, foram quase que totalmente dizimados pelo Exército Brasileiro.

(Leia mais AQUI)

Corpos de guerrilheiros do PCdoB mortos no Araguaia (foto do blog Mesa do Editor)

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Tribunal julga acusado de pertencer à gangue do Sombra e de participar da morte de rival



O júri desta quinta-feira, 17/05, da 10ª Vara Penal, julgará o terceiro réu do caso envolvendo cinco jovens acusados de integrarem a Gangue do Sombra, que atuava no Aeroporto Velho e que teriam participado da morte de outro rapaz que seria rival de um deles. Fabio Junio Barbosa, 24 anos, vulgo "Lombardi", será julgado pela participação na morte, com uma facada, em 23/04/2006, de Edinaldo Lira Lima, à época com 23 anos.

Consta nos autos, que "Lombardi" saia de madrugada de uma festa junto com quatro colegas: "Clebinho", "Gordo", "Bolinha" e "Sispinha", tendo encontrado Edinaldo e um amigo conhecido por "Cabeludo" em frente à creche do bairro Aeroporto Velho. Por serem de grupos rivais, os cinco teriam corrido para pegar Edinaldo, que já teria dado um tiro no pé de um deles. "Clebinho" teria acertado uma facada letal em Edinaldo, que faleceu no local do crime.

Dos 5 indiciados pela polícia, apenas três, "Clebinho", "Gordo" e "Lombardi", foram pronunciados pela Justiça para responderem o processo perante o Júri Popular. "Clebinho" e "Gordo" já foram julgados e condenados há três anos pelo Júri, e aguardam recurso de suas sentenças. "Lombardi" havia recorrido de sua sentença de pronúncia, mas não conseguiu êxito e agora será julgado pelos jurados da 10ª Vara Penal, pelo crime de Homicídio Duplamente Qualificado (Art. 121, § 2º, I e IV do CPB).

Atuarão na acusação o promotor público Adleer Calderaro Sirotheau e na defesa, o defensor público Eduardo Augusto Silva Dias. O Júri será presidido pelo juiz Gerson Marra Gomes.

____________________
Atualização em 17/05: o júri foi cancelado a pedido do MP, por não ter sido encontrada a testemunha ocular do crime, que atualmente mora em Manaus. O juiz Gérson Marra Gomes marcou nova data para a sessão em 04/10/2012.

terça-feira, 15 de maio de 2012

Glória Caputo ignora Jô Soares e conta como driblou segurança de Lula

A pianista paraense Glória Caputo foi uma das entrevistadas no Programa do Jô (Rede Globo)  na madrugada de hoje. Parei pra assistir e gostei de vê-la esnobando o Jô, e dando seu recado em favor da Educação na Amazônia.

Sentar na bancada do Jô quase sempre pode ser um exercício de paciência para os entrevistados, já que o comediante e dublê de jornalista, mal consegue ser mais que um narcisista com piadinhas muitas das vezes infâmes e sem graça.

Sempre que alguém vai pro Jô, parece que há uma norma repassada aos entrevistados de que devem encher de elogios o Gordo e reverenciá-lo o tempo todo, mesmo que tenham que ostentar um leve sorriso amarelo no rosto! Alguns até exageram, afirmando que sempre sonharam em estar com ele no programa e poucos se atrevem a fugir desse script.

A professora Caputo - que tem uma contribuição ímpar na música de Santarém, pelo apoio que sempre deu ao trabalho de Tinho Fonsêca - com seu jeito de cabocla do Marajó (ressaltado pelo Jô, ao mostrá-la num vídeo montada em um animal, na famosa ilha, ao conduzir uma manada de búfalos) ela simplesmente ignorou o apresentador, dando seu recado direto pra plateia e não deixando Jô interrompê-la, como é seu costume. Ela contou, também, como driblou a segurança do ex-presidente Lula quando ele esteve em Belém, para apresentar seus jovens músicos no meio de uma estrada!

Caputo levou um grupo de jovens violinistas paraenses que deram um show no palco do Programa do Jô. Assista o Vídeo: http://programadojo.globo.com/platb/programa/2012/05/14/vale-musica-show-de-violinos-no-comeco-da-semana/

Júri é cancelado e réu é liberado

Foi cancelada a realização da sessão que deveria julgar hoje (15/05), o réu Rudson Santos de Souza, de 28 anos, vulgo "Puí", acusado de matar o adolescente Gledson Henrique Sousa Fernandes, de 15 anos, em fevereiro do ano passado em frente à sede do Panterão. 
O defensor público Vinicius Toledo apresentou pedido de cancelamento por conta de erros processuais detectados nos autos. O promotor público Samuel Sobral foi contra os argumerntos apresentados pela defesa, mas o juiz Gérson Marra Gomes, deu razão ao defensor e resolveu cancelar a sessão, remarcando-a para outubro deste ano. 
Como o réu se encontrava preso desde o dia do crime, o juiz acatou também o pedido de liberdade provisória, da defesa, para que este aguarde solto o julgamento.
Gangue do Belo - Segundo consta nos autos, uma confusão ocorrida no início do ano passado na sede do São Raimundo, e que foi parar na rua, colocou frente à frente dois grupos de jovens rivais entre si no bairro da Área Verde. Um dos grupos teria integrantes da Gangue do Belo, na qual participava "Puí".
Na confusão generalizada o adolescente acabou sendo morto com um golpe de barra de ferro, que teria sido desferido por "Puí". O crime foi tipificado no art. 121, parágrafo 2º, inciso IV, por ter o réu matado a vítima sem ter dado chance de defesa à ela, podendo pegar uma de no máximo 30 anos. 
O próximo júri da 10ª Vara Penal vai acontecer na quinta-feira, 17/05, quando sentará no banco dos réus Fabio Junio Barbosa, acusado de participar do crime de homicídio contra Edinaldo Lira Lima, ocorrido em 2006.