quinta-feira, 20 de julho de 2006

Dicas para perder o Medo de Avião

Depois que publiquei o artigo sobre meu medo de avião, gente experiente no assunto apresentou algumas dicas e comentou o artigo:
.
Juvêncio Arruda, publicitário
Quem vos fala é um velho medroso de avião. Aliás, ex-medroso.
Comecei a perdê-lo no dia em que uma prima, que me acompanhava numa rápida ( 32 min) até Macapá, disse-me para tentar sentar nas três primeiras poltronas do bicho...
Desdaí, Ninossauro, santo remédio. Na frente, o avião joga muito menos, e é exatamente o que me deixava com medo.
Bem, alguém, muito medroso, pode argumentar que em caso de acidente, a probabilidade de óbito dos que estão sentados na frente é maior. É verdade, mas aí... o que importa? O certo é que perdi o medo de avião.
Pena que a Maria [do Carmo, prefeita de Santarém] não possa me dar as milhas que tem... para conhecer a Grécia, por exemplo... eheh.
Abs. Juvêncio
.Jota Parente, jornalista
Bicho, você é o cara. Esse texto está um porrete de bom!
Quanto a medo de viajar de avião, não deve haver muita gente mais medrosa do que eu. Estou no teu time, camarada. Viajar de avião para mim é um mal necessário.
A partir de agora vou seguir o conselho do Juvêncio, sentando nas poltronas da frente. Não sei se vai adiantar muito. Apesar de ser comprovadamente o meio de transporte mais seguro, estou com o Poetinha que justificava seu medo dizendo: como não ter medo de um meio de transporte, que se tiver algum problema técnico a oficina é lá embaixo?
Jota Parente
.
Leiria Rodrigues, jornalista
Hahahahahaha...rir ou chorar!???
Querido... nas nuvens a gente chora... Ri mesmo foi ao ler suas neuras....
E comecei a viajar, literalmente, nas nuvens...que tal entrarmos numa comunidade do Orkut: "me cago de medo de voar"...rs. Bem, ainda não chegamos a tanto...né?
Mas compartilho dessa neura também! Suo as mãos a cada decolagem. Até que um dia, ao voar do Rio à Brasília, numa turbulência doida, quem está ao meu lado??? - o mecânico do próprio avião. Continuava suando frio do mesmo jeito, mas sabia que se algo desse errado a culpa era dele...rsss
E quando o comandante vai falar algo pelo fone e a voz lenta, pesada, parece filme de terror... suspense total. Desespero! Nossa, ele vai dizer alguma coisa terrível... Ufa! Só é a previsão de tempo. Mas será que ele avisaria algo de ruim, tipo...- O avião vai cair????
E lembro ainda nessas vindas de Belém/Santarém, minha bagagem já estava na aeronave, quando dei conta que iria voltar num outro vôo, numa aeronave bem pequena... fiz um escândalo e tiveram que retirar a mala e despachei em outro vôo. Disse até que eu sofria do coração... que a empresa poderia ter sérios problemas comigo... Uma carga nada segura! rs
Bem, posso dizer que mantenho mais a calma, depois de ter atravessado “os sete mares”, na ida à Índia... Agora é relaxar e gozar!!!! Se der tempo... como diz a piada!!!!
Bjs Leiria
.
Stella Tsaoussoglou, minha prima
Bolo,
Espero que eu não seja a causa do seu medo, mas pensando bem... acho que sou sim, na ida eu ainda não existia e a atenção era toda voltada para você, mas quando eu cheguei "linda e maravilhosa" não teve mais pra ninguem (risos)
Que tal fazermos juntos uma viagem pra espantar esse medo todo? Prometo que seguro a tua mão!Te adoro!
Bjs Stella
-------------------
MEU COMENTÁRIO: A dica do Juvêncio eu já tentei, mas confesso que não deu certo. O avião pode não sacolejar muito, mas o entra e sai da cabine do comandante e a proximidade para ver ou ouvir alguma coisa que aumente o meu medo, é terrível. Uma vez, olhei pra cabine e não tinha ninguém no comando!!! Será que dá pra ter menos medo do piloto automático?
Fico mais com o Vinícius, citado por Parente. Quanto às viagens internacionais, dito pela Leíria, também passei pela experiência e posso dizer que atravessar o atlântico em seis horas num Airbus é menos aterrorizante do que fazer o trecho Belém/Altamira/Santarém, com aqueles vácuos em que o estômago vem à boca.
Já quanto à Stella, não acredito que você seja o motivo desse medo,prima, mas é verdade que nunca viajamos juntos. Não sei se isso seria a solução, pois sempre haverá um passageiro indesejável viajando comigo: meu medo.

4 comentários:

Leiria disse...

Santa Ignorância Batman!!!!
Obrigada pela correção...rs
Deve ter sido tanta divagação...
Vôo...sôo...rsss

Bjs...Leiria

Jota Ninos disse...

Disponha

Linda Carvalho disse...

Acho que o meu medo de avião é maior que o de todos! fico gelada só de pensar em estar dentro do avião.. o pior momento é o da decolagem... me seguro, fecho os olhos, rezo, mas não tem jeito... e o pior é que já fiz diversas viagens: Rec/Rio, Rec/SP, Rec/ Argentina, etc. Mas todas as vezes é o mesmo drama... Até fujo das viagens.. prefiro um trecho mais rápido, a verdade é que tenho pavor de avião... alguém, por favor, sabe dizer o que fazer pra acabar com tanta aflição???

bia pereira disse...

Vou sair hoje de Porto para Faro e nunca tive medo.Mas por incrivel que pareça estou me borrando toda!!!